Só o Senhor é Deus!
 
 

Estudo

 

QUALIDADE E PRODUTIVIDADE NA OBRA DO SENHOR

I - INTRODUÇÃO

Produtividade: Visa através da técnica do aprimoramento da mão de obra, aumentar a produção.

 

1. Seria tudo isto modernismo?

Ao analisarmos esta busca pela produtividade e pela qualidade temos a sensação de que isto é fruto da modernidade, mas não é. A Palavra de Deus mostra ao longo da história de Gênesis a Apocalipse, uma busca total pela produtividade e uma cobrança do Senhor quanto a qualidade dos serviços que prestamos. A parábola dos talentos é uma prova do que agora afirmo. (Mt. 25.14-30)

 

2. Aplicaria isto à igreja de Jesus ?

O autor de Hebreus diz que Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente (Heb. 13.8), e daí para frente vamos analisar a obra do Senhor à luz da Sagrada Escritura e com certeza chegaremos à uma única conclusão, o que os grandes administradores em todo o tempo fizerem foi simplesmente por em prática maneiras e métodos empregados na Bíblia.Seria conveniente que cada obreiro ou obreira, lesse este trabalho em total espírito de oração para que a palavra de Deus, que é viva e eficaz, cortante como espada de dois gumes, (Heb. 4.12) possa produzir em seu coração os frutos necessários.

 

3.Qualidade na obra do Senhor

"Maldito aquele que fizer a obra do Senhor relaxadamente." (Jr 48.10b)Durante todo o processo da criação o Senhor ao terminar a sua obra, usava a expressão: "e viu o Senhor que era bom", (Gn. 1. ) No entanto ao fazer o homem viu o Senhor que a sua obra era muito boa (Gn. 1.31) estava aí a qualidade total.No desejo de que a qualidade prosperasse Deus tomou, pois, ao homem e o colocou no jardim do Éden para o cultivar e o guardar (Gn. 2.15), e com o intuito de maior qualidade, colocou ao seu lado uma companheira, que a Bíblia chama de auxiliadora idônea. (Gn. 2.18).Infelizmente temos visto obreiros querendo fazer a obra sozinhos. Ficam fatigados, estressados, perdem o dia para descanso, e faz a obra de forma relapsa. É necessário buscar o auxílio do grande e bom Ajudador que foi prometido para ficar conosco para sempre (João 14.16).

II - A PRODUÇÃO

"…Vos designeis para que vades e deis frutos e o vosso fruto permaneça…" (João 15.16b)Ora, nossa produção é dar fruto e a qualidade é que este fruto permaneça. Temos visto cultos mal dirigidos (folhas), sermões mal preparados e sem a unção do Espírito Santo. Pregadores preocupados com a igreja cheia, mas sem preocupação com a salvação das almas (folhas). Jesus não quer folhas, Jesus quer fruto. (Mt. 21.19)Mas só há uma maneira de produzir, com eficiência e qualidade total, e esta forma de produção eficaz o mestre citou no capítulo 15 do Evangelho de João.

 

1. Igrejas com portas trancadas, Igrejas medrosas

"Trancadas as portas da casa onde estavam os discípulos, com medo dos judeus, veio Jesus, pôs-se no meio e disse-lhe: Paz seja convosco". (João 20.19)Os discípulos logo após a ascensão do nosso Senhor aos céus, havia entre eles medo dos judeus, e apenas se reuniam a portas trancadas, era como muitas igrejas hoje que com grandes templos, embora as portas pareçam abertas, estão fechadas, porque seu líder está satisfeito com um número restrito de membros e com medo de não saber fazer a obra, medo de não saber falar, medo de ser argüido na evangelização e não saber responder. "eis que estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos" (Mt. 28.20).

III - O SEGREDO DA QUALIDADE.

"Permanecei pois na cidade até que do alto sejais revestidos de poder". (Lucas 24.49)Foi ao receber poder que a multidão dos que criam passou a ser um só coração e uma só alma (Atos 4.32). Por causa do poder do Espírito Santo o lugar onde os apóstolos reuniam para orar tremia (Atos 4.31), havia sinais e prodígios e os que mentiam para o Senhor caiam mortos. (Atos 5)Hoje a igreja quer fazer a obra sem receber poder do alto, e o resultado tem sido fracasso total. Igrejas às vezes até cheias, mas de vidas derrotadas, pessoas que cantam bonito, e com sorriso falso nos lábios, verdadeiros sepulcros caiados. Igreja onde falta o poder do testemunho.

IV - A ESSÊNCIA DA QUALIDADE

A essência da produção dos obreiros é permanecer no Senhor, é coisa lá de cima (Col. 3.2) Falar sempre entre nós com salmos, hinos e cânticos espirituais e louvando de coração ao Senhor (Efésios 5.19). Quando isto acontece temos poder, e daremos fruto. Mas sem isto nada podemos fazer, e ficamos como que esmurrando o ar (I Cor. 9:26).Quem permanece em Jesus trabalha com causa definida, com alvo e objetivos a serem atingidos, e empenha por alcançá-los.

V- O TEMPO E A PRODUTIVIDADE Efésios 5.16

O tempo passa rapidamente, e um minuto perdido não volta mais. É necessário ser objetivo, fazer bem feito, para não ter que fazer de novo. Paulo compreendendo esta situação advertiu: "Pregue, insista, quer seja oportuno, quer não…" (II Tm. 4.2)Um obreiro afim de ganhar almas evangeliza no caminho para o trabalho, nos passeios em cada minuto aspira a salvação de salvas.Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer aquele que o arregimentou (II Tm. 2.4).

VI - PRODUZIR LIBERDADE

No Antigo Testamento a ação libertadora de Deus, serve como referência a toda seqüência da vida cristã. O êxodo do Egito (a saída da servidão), Deus arranca seu povo da dura escravidão econômica, política, cultural e religiosa para o constituir povo de propriedade exclusiva, nação santa, sacerdócio real (I Pedro 2.9). Deus quer ser adorado por homens livres.Nunca houve na face da terra, homens, estadistas famosos, ninguém tão preocupado com a liberdade do homem como o Senhor nosso Deus. No passado libertou seu povo Israel, e ao longo da história atuou de maneira à conservá-lo livre. Veio Jesus, e a liberdade deixou de ser do povo, para ser uma liberdade individual onde o Espírito Santo atua nos corações dos homens e os torna verdadeiramente livres. (Jo 8.32)

VII - DISCERNINDO A OBRA

"Porque os que se inclinam para a carne cogitam das cousas da carne, mas os que se inclinam para Espírito, das cousas do Espírito". (Rom. 8.5)Na busca para produzir mais, com qualidade, deparamos com crentes descompromissados com a obra do Senhor, crentes que se dizem até batizados com Espírito Santo, mas andam na carne sem cogitar das cousas espirituais. Pode, alguém que tem o Espírito de Deus, não fazer a vontade de Deus? Sabes que terás que prestar contas a Deus por todos os teus atos? Vamos portanto, trabalhar na obra do Senhor com Qualidade.

 

Natanael Nogueira de Sousa e Kleber Paulo Santana

Esta é uma página de estudos exclusivos em nossa igreja sede. Esta exclusividade também é sua, alimente-se da palavra de Deus